Regras do Futebol de Campo | Fundamentos | Como jogar | Resumo

regras-do-futebol

É de consenso geral que o futebol é o esporte mais admirado e praticado no Brasil. Nesse artigo, você aprenderá tudo sobre as regras do futebol de campo em um resumo completo.

Regras do futebol de campo

O futebol é um esporte jogado por dois times, cada um com no máximo onze e, no mínimo, sete jogadores. O objetivo do jogo é colocar a bola dentro do gol adversário e o vencedor será o time que conseguir o maior número de gols.



O campo de futebol

O campo de futebol deve ser retangular e ter as dimensões de 105 x 68 metros. Deve ser rigorosamente nivelado e bem gramado (já se permite também o uso de piso sintético).

Nas extremidades do campo ficam os gols, além das duas áreas (a pequena e a grande área). As traves e a linha de gol devem ter a mesma largura: 12 em.  Assim como as linhas de fundo e linhas laterais.

estadio



Em cada canto do campo há um poste (com pelo menos 1,50 m de altura), com uma bandeirinha no topo. Bandeirinhas iguais podem (opcionalmente) ser colocadas em cada lado da linha central do campo, mas devem estar a pelo menos 90 em da linha lateral.

Regras do futebol de campo: bola em jogo

Exceto no arremesso lateral, o goleiro é o único jogador que pode colocar a mão na bola, mas só pode fazer isso dentro dos limites dás duas áreas. Os demais jogadores podem, entretanto, usar qualquer parte do corpo (pé, cabeça, coxa, peito) para parar, controlar ou impulsionar a bola.

A bola está fora de jogo quando ultrapassa completamente as linhas laterais ou de fundo, rente ao solo ou pelo alto. Nesse momento, o jogo é paralisado pelo juiz, sendo reiniciado com arremesso lateral (se saiu pela linha lateral). Pelas regras do futebol, se a bola saiu pela linha de fundo, reinicia-se com tiro de meta se a bola foi impulsionada pelo time atacante; ou escanteio, se foi impulsionada pelo time que se defende.

Arremesso lateral

É cobrado fora da linha lateral, no ponto exato em que a bola saiu de campo. No arremesso, a bola deve ser impulsionada com ambas as mãos, num movimento que a leve de trás e por cima da cabeça.

O arremessador deve estar voltado de frente para o campo, e com os pés fora da linha. Se qualquer dessas regras for infringida, o juiz deve determinar a reversão do arremesso para o time oponente.



Nenhum gol pode ser assinalado diretamente de um arremesso e o arremessador não poderá tocar na bola antes de qualquer outro jogador.

Tiro de meta

De acordo com as regras do futebol, o tiro de meta pode ser batido por qualquer jogador do time que estiver sendo atacado, inclusive pelo goleiro. No tiro de meta, a bola só pode ser tocada por qualquer jogador depois de ultrapassar os limites da grande área.

E deve ser jogada do canto da pequena área do lado em que a bola saiu pela linha de fundo. Também não é válido o gol feito diretamente num chute de tiro de meta.

Escanteio

regras-do-futebol-escanteio

O escanteio corre quando algum defensor joga a bola para fora de sua própria linha de fundo e deve ser cobrado pelo time atacante de um ponto qualquer do quarto de círculo da bandeirinha de escanteio – e do lado em que a bola saiu.

Nenhum jogador poderá remover a bandeirinha para facilitar a cobrança do escanteio. Os adversários devem manter a pelo menos 9,50m de distância da bola. Pelas regras do futebol o gol pode ser feito diretamente da cobrança de escanteio, mas o jogador que bate o escanteio só poderá voltar a tocar na bola depois que outro jogador a tenha tocado.

Impedimento

O impedimento ocorre quando a bola é lançada a um jogador que não tem, pelo menos, dois adversários à sua frente. Pelas regras do futebol, não há impedimento nos seguintes casos:

  • Quando o jogador que for lançado estiver dentro do seu próprio campo (não importando nesse caso o fato de não ter dois adversários pela frente);
  • Quando a bola for tocada por último pelo próprio adversário;
  • Quando o jogador que recebe a bola de um arremesso lateral ou de escanteio;
  • Quando o passe for feito para trás. Estando em impedimento, o jogador deve ser punido com um tiro 1 indireto contra seu time.

Entretanto, mesmo estando impedido, o jogador pode não ser punido, desde que o juiz interprete que sua posição não está interferindo na jogada.

Importante: a posição de impedimento deve ser considerada no momento do passe – e não no momento em que o jogador recebe e bola.

Fundamentos do futebol: faltas

Pelos fundamentos do futebol as faltas são de dois tipos:

  • As que resultam em tiro direto;
  • As que resultam em tiro indireto.

No primeiro caso, a bola pode ser chutada diretamente ao gol. No caso de tiro indireto, a bola precisa ser tocada pelo menos por dois jogadores para o gol ser válido. Em qualquer caso, porém, os jogadores do time infrator devem observar distância mínima de 9,15 m da bola.

falta

Somente no caso de tiro indireto a uma distância inferior a 9,15m do gol essa determinação pode ser desobedecida, sendo permitido que os jogadores do time infrator se coloquem na risca do gol.

Penalidades

Durante o jogo não é permitido pelas regras do futebol o calço, segurar o adversário, o apoio ou empurrão e o toque com a mão ou o tranco por trás, a menos que o adversário esteja obstruindo a jogada. Qualquer dessas infrações deve ser punida com tiro direto.

Sendo cometida dentro da grande área, pelo time que defende, deve ser punida com pênalti. Também não são permitidos o tranco sem a bola, o jogo perigoso, a obstrução e o grito que vise iludir o adversário.

Seguindo as regras do futebol, essas faltas são punidas com tiro indireto, ainda que cometidas dentro da área de pênalti. O tiro indireto deve, ainda, ser marcado se o goleiro der quatro ou mais passos com a bola presa em suas mãos, dentro da área, ou quando retarda propositadamente a devolução da bola a jogo.

Pênalti – penalidade máxima do futebol de campo

O pênalti é batido da marca especial existente dentro da área, a 11 metros do gol. O jogador que bate o pênalti não precisa chutar a bola diretamente ao gol adversário: pode passá-la a um companheiro, mas é obrigado a impulsioná-la para frente (isto é, em direção ao gol).

Entretanto, em cobranças de pênalti cujo objetivo é a decisão do jogo, esse tipo de jogada não é permitida, devendo o jogador que irá realizar a cobrança chutar diretamente para o gol.

O goleiro deve permanecer em cima da risca de gol e não pode mover seus pés antes que a bola tenha sido tocada pelo adversário que bate o pênalti. Todos os demais jogadores devem ficar fora da área e da “meia-lua”.

De acordo com as regras do futebol, quem cobra pênalti não poderá tocar outra vez na bola antes que outro jogador o faça. Assim, se chutar na trave (que é considerado ponto neutro dentro de campo) não poderá tentar outro chute. Entretanto, se o goleiro rebater, o cobrador poderá tentar aproveitar o rebote.

penalti

Repetição do pênalti

Pelas regras do futebol, o pênalti deverá ser cobrado novamente quando:

  • Houver uma invasão da área por parte dos adversários, antes do chute, e caso o mesmo tenha sido defendido pelo goleiro, tenha ido à trave ou para fora (se o pênalti for convertido, mesmo com a invasão, o gol será validado).
  • Se a bola for ao gol, mas ocorrer invasão da área por parte do time beneficiado pela cobrança do pênalti (ocorrendo a invasão, e sendo desperdiçado o pênalti, o juiz não deverá mandar repetir a cobrança).
  • Quando o goleiro se movimenta, antes do chute, e defende ou a bola vai a trave ou para fora. (Se o atacante fizer o gol, mesmo que o goleiro tenha se movido, o pênalti não deve ser repetido).

Bola fora de jogo

A bola está fora de jogo quando ultrapassa completamente as linhas laterais ou de fundo, rente ao solo ou pelo alto. Nesse momento, o jogo é paralisado pelo juiz, sendo reiniciado com arremesso lateral (se saiu pela linha lateral).

Se saiu pela linha de fundo, reinicia-se com tiro de meta se a bola foi impulsionada pelo time atacante; ou escanteio, se foi impulsionada pelo time que se defende.

Os times – como jogar

Cada time tem onze jogadores, um dos quais é o goleiro, mas é permitido que o time jogue com 7 jogadores apenas. Uma ou duas substituições são normalmente permitidas, dependendo da competição, mas devem sempre estar previstas nos regulamentos.

Uma vez substituído, o jogador não poderá voltar ao jogo de acordo com as regras do futebol. O juiz deve ser informado das substituições e os jogadores só podem entrar ou sair de campo com seu consentimento. Se, por contusões ou expulsões, um time se reduzir a menos de sete jogadores, o jogo é suspenso e o adversário declarado vencedor.

Duração da partida

futebol-partida

O jogo é disputado em duas partes de 45 minutos cada. Os times trocam de lado do campo após o intervalo. Pelas regras do futebol o juiz deve descontar o tempo em que o jogo estiver paralisado para atendimento de jogadores machucados ou retardamento proposital de qualquer das equipes.

O tempo deve ser, também, prorrogado para a cobrança de pênalti ao final de qualquer período.

Juízes – conduzindo as regras do futebol

O jogo é controlado por um juiz, auxiliado por dois bandeirinhas. O juiz controla o tempo de jogo, faz cumprir as regras do futebol, paralisa o jogo quando algum jogador se machuca com gravidade, determina seu reinicio, expulsa os agressores e pode até mesmo interromper o jogo em caso de mau tempo, interferência de torcedores etc.

Os bandeirinhas, um em cada linha lateral, indicam saída de bola: qual time tem o direito de recolocá-la em jogo em casos de arremessos laterais, escanteio ou tiro de meta. Levantam sua bandeirinha para indicar qualquer anormalidade, mas o juiz não é obrigado a obedecer a eles nas suas sinalizações.

Indisciplina e expulsão

O juiz deve advertir o jogador se ele:

  • Entra ou sai de campo sem autorização;
  • Seguidamente infringe as leis do jogo;
  • Reclama ou discute as decisões do juiz;
  • Tem conduta Inconveniente ou em desacordo com as regras do futebol.

Jogador já advertido deve ser expulso de campo se voltar a cometer a mesma infração. (A expulsão é pelo resto do jogo.) Com base nas regras do futebol, também pode ser expulso se:

  • Comete ato de violência ou falta séria;
  • Discute com o adversário ou o próprio companheiro, usando linguagem abusiva;
  • Dirige ofensas ao juiz, ou tem comportamento inconveniente com o público;
  • Agride adversário, companheiro, juiz ou auxiliares.

Equipamentos utilizados no futebol de campo

Os jogadores do mesmo time devem apresentar uniforme igual, incluindo meias, calções e camisas. A única exceção é o goleiro, que pode vestir-se com cores diferentes.

As camisas devem ser numeradas, podendo ter mangas curtas ou compridas. Todos devem calçar chuteiras de couro, com sola também de couro, borracha ou plástico. As travas (que dão estabilidade aos jogadores) também podem ser de qualquer um desses elementos mas devem estar dispostas de forma a não oferecer perigo aos jogadores adversários, não podendo ter mais que 12 mm de altura pelas regras do futebol.

A bola de futebol

Pelas regras do futebol, a bola oficial deve apresentar as seguintes especificações:

  • Circunferência: Entre 68 e 70 centímetros;
  • Peso: Entre 410 e 450 gramas;
  • Pressão: Entre 0,6 e 1,1 atmosferas.

Entidades ligadas ao futebol

No Brasil, a entidade que regulamenta os campeonatos e partidas de futebol é a Federação Brasileira de Futebol – a CBF.

Mundialmente, a entidade que rege as partidas, campeonatos e as regras do futebol é a Federação Internacional de Futebol – a FIFA.

Continue aprendendo sobre as REGRAS DOS ESPORTES

Gostou desse artigo sobre as regras do futebol? Compartilhe!



Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*